< Voltar
Imprensa
30.08.2019

São Paulo terá que devolver ICMS-ST pago a mais antes de outubro de 2016

Por Joice Bacelo
Publicado em 30 de agosto de 2019

 

Empresas de São Paulo têm direito ao ressarcimento dos valores de ICMS – Substituição Tributária (ST) que pagaram a mais mesmo em período anterior a outubro de 2016 – data de corte estabelecida em julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF). O entendimento de que o prazo não se aplica aos contribuintes paulistas foi proferido recentemente pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-SP).

Os ministros do Supremo definiram que as restituições só seriam devidas a partir de outubro de 2016 no julgamento do Recurso Extraordinário (RE) 593849, que tratou sobre a Lei do ICMS de Minas Gerais. Como o processo foi julgado em repercussão geral, a decisão passou a valer para todos os demais casos que tratam do mesmo tema.

Nessa ocasião foi pacificado o entendimento de que é devida pelos Estados a devolução da diferença do imposto quando a base de cálculo efetiva da operação for menor do que a presumida (que gerou o recolhimento a maior do imposto).

Aqueles contribuintes que já tinham ação judicial sobre o assunto teriam direito à restituição do que foi pago a mais nos últimos cinco anos, mas os novos pedidos ficariam, então, limitados à data de corte estabelecida.

 

Veja a matéria na íntegra em Valor Econômico.

< Voltar

Veja mais Publicações

  • Imprensa

    Supremo adia julgamento sobre exclusão do ICMS do PIS e da Cofins

    Ler Matéria
  • Imprensa

    Economia digital vira gargalo para tributação

    Ler Matéria